Somente em 2017, os apps chegaram a movimentar cerca de US$ 151 bilhões de dólares. Para aqueles que são estudantes de tecnologia e não sabem por onde começar, vamos mostrar aqui no artigo como criar uma app.

 

Entenda de uma vez por todas como criar uma app.

Sabemos que a Apple em sua App Store já conta com mais de 2 milhões das apps disponíveis. Logo, para ter sucesso nesse mercado tão concorrido é fundamental ter planejamento no momento de desenvolver uma app.

1 – Veja se há uma demanda que precisa de solução.

Para começar a criar uma app para solucionar um possível problema é necessário entender um conceito conhecido como brainstorming, este conceito consiste em realizar um levantamento com a sociedade, para encontrar uma determinada solução.

2 – Saiba quais características terão sua app.

Ao saber como criar uma app, você deverá analisar quais possíveis características ele terá. Para isso, devemos levar em consideração as seguintes situações:

  • definir em qual sistema operacional a app deve funcionar, por exemplo, se irá funcionar no IOS ou no Android;
  • qual será a sua estrutura para que o usuário possa navegar tranquilamente;
  • desenvolva um layout baseado em seu público-alvo;
  • não esqueça da regra dos 3 cliques, ou seja, cada ação que o usuário realizar dentro da app, deverá levar 3 cliques no máximo.

A app deve ter como outras características, ser rápido, dinâmico, e ainda transmitir uma experiência boa para o usuário.

3 – Aprenda a detectar o MVP.

Traduzido do inglês, MVP significa Mínimo Produto Viável, aqui o MVP apenas tem foco nas funcionalidades que mais importam ao usuário, com o objetivo de tornar a sua vida a mais prática possível.

Lembramos que, uma app mesmo que esteja 100% completo, o usuário não irá utilizar tudo, então é fundamental focar somente no que ele for usar.

 

Crie uma app com uma boa estrutura de dados.

Mesmo que você não utilize de programação para fazer sua app, este deve ter uma boa estrutura de dados. Para que seu negócio esteja bem detalhado, procure criar tabelas e diagramas da seguinte maneira:

  • Entidades e relacionamentos;
  • Fluxo de dados;
  • Armazenamento de arquivos binários;
  • Imagens;
  • Vídeos.

A estrutura de dados nos fornece uma ampla visão, com isso já conseguimos ter uma boa noção de como a app irá ficar na prática.

Tenha cuidado com o design da interface.

A interface da app está relacionada com  a marca da empresa, o wireframe deve mostrar a interface que esta app terá na visão do usuário. A ideia de como criar uma app deve ter por base os seguintes itens:

  1. Criação de telas;
  2. Layout;
  3. Fluxo de navegação.

Cuide bem da interface da ua app, afinal será por meio dele que o usuário terá uma boa impressão de sua empresa.

 

Quais ferramentas devemos integrar?

Não devemos ter cuidado apenas com a interface da app e com a estrutura de dados, mas sim, devemos integrar as seguintes ferramentas:

  1. Análise de acesso;
  2. Gestão de erros;
  3. Banco de dados online;

Essas ferramentas são perfeitas para nos ajudar a entender o comportamento dos usuários, e verificar quais ferramentas são realmente importantes.

 

Para criar apps é necessário programação?

Nos dias de hoje, graças à nuvem não há mais necessidade de entender de programação para criar uma app que seja útil para a sociedade. Veja mais informações neste artigo.

Logo, é primordial ter noção de UI/UX para apresentar um bom design ao usuário, e garantir que este possa ter uma boa experiência. Já existem muitas plataformas que nos permitem criar apps online, mas recomenda-se ter uma boa noção de lógica de programação, e linguagens para web como HTML e o CSS.

Apenas para quando for utilizar alguma linguagem de programação para criar apps para o IOS, recomenda-se ter um computador da Apple para fazer testes.

 

Principais erros na hora de criar uma app.

Como nem tudo na vida há perfeição, o mundo das apps também pode te levar a falência, caso você não tenha os cuidados necessários para evitar os seguintes erros que vamos ver a seguir:

1 – Não avaliar corretamente as plataformas.

No mercado de apps existem duas plataformas que costumamos utilizar a IOS e Android. Quando criamos um app, devemos saber quais vantagens este irá apresentar para cada uma das plataformas.

Ao averiguar defeitos e qualidades que cada plataforma possui, evitamos muitos erros no  futuro.

2 – Invista em marketing na hora de vender a app.

Para melhorar a visibilidade do seu app, e ainda fazer com ele seja rentável, é necessário ter uma boa divulgação no seu site ou redes sociais.

Convide as pessoas para experimentar seu app, com isso, além de ter uma boa lista de leads, você ainda irá facilitar a propagação de seu app.

3 – Cuidado com plataformas gratuitas.

Como existem muitas plataformas no mercado, podem haver algumas que são gratuitas. Logo, elas não fornecem todos os recursos que são úteis para a criação de uma app.

Ter opções limitadas podem acabar te prejudicando, e com isso você não consegue entregar um serviço de qualidade para seu usuário.

Após a origem do smartphone, o modo de ganhar dinheiro e trabalhar mudou. Devemos nos atualizar, para se manter firmes no mercado de trabalho e no mundo do empreendedorismo.

Há determinados erros em tecnologia que podem ser prejudiciais para uma empresa, por isso, sempre que for criar algo, faça planejamento, elabore muitos testes, para que, você seja capaz de entregar um bom produto ou serviço para seu cliente.

Testes são extremamente importantes sempre que vamos lançar um produto. Pois, com ele sabemos como ficará a app após a sua conclusão.

Testamos suas funcionalidades, para checar se irá aparecer alguma mensagem de erro, e se for o caso, realizar alguns ajustes.  O teste nos livra de possíveis problemas ligados às ações do usuário, por isso, ignorar essa etapa pode ser fatal para sua empresa.

Uma das maneiras de testar uma app, é mostrar ao usuário na prática, como este irá funcionar.

Assim, o usuário já vai percebendo que sua app poderá ser útil para resolver um possível problema que ele possa ter, e provavelmente irá utilizar a app para solucionar o possível problema.

 

Cuidado com seu orçamento.

O orçamento é essencial para o cálculo do ROI, e assim saber se você terá o retorno necessário com sua app. Por ter um orçamento que requer investimento alto, os especialistas recomendam que desenvolvedores de apps já tenham definido como será seu orçamento.

Para isso, é primordial que o desenvolvedor saiba se a app será muito complexo ou não, porque quanto mais funções tiver, maior será o custo de implantação e de manutenção.

Ainda existem custos para publicação e manutenção, já que este é a garantia de que a app estará funcionando. Devido a isso, o desenvolvedor deve realizar um bom planejamento financeiro para que não se atrapalhe  no meio do caminho.

Em qualquer circunstância da vida, e principalmente na tecnologia devemos sempre realizar um planejamento financeiro. Isso nos ajuda a ter certeza de quanto vamos gastar, e onde será necessário mais investimento.

Com o planejamento, as chances de erros são menores, e ainda caso houver necessidade, é possível realizar ajustes no decorrer do processo de criação e de publicação da app.

Nunca esqueça do planejamento, ele é a chave para o sucesso de seu negócio, a falta dele faz com que muitas empresas entrem em processo de falência.

 

Dicas para deixar sua app mais rápida.

Com o passar do tempo, é comum que as app fiquem mais lentos, seja pela alta quantidade deles no celular ou então pelo fato de não limpar sempre a memória do celular.

Uma das formas de deixar a app mais veloz, é instalar programas que ajudam a limpar seu smartphone, você pode fazer uso por exemplo o Booster, que é gratuito.

Apps requerem atualização, caso você não atualize as apps de seu smartphone podem travar. Se o sistema pede atualização, faça-o.

 

Quais motivos levam os usuários a abandonarem as apps?

Sabemos que, entender como criar uma app pode nos dar emprego por um bom tempo. Mas é necessário saber que, uma app vai perdendo usuários ao longo do tempo.

Assim nos afirma o analista do Silicon Valley, Andrew Chen, este já confirmou em um artigo de seu site que uma app possui um déficit de 77% dos usuários, nos primeiros meses onde este foi instalado. Veja quais são os fatores que levam os usuários a desistir da app.

1 – Problemas com relação a parte  técnica.

Uma app que apresentar muitos erros, falhas de resposta constantemente, podem cair no esquecimento do usuário.

Nunca é demais lembrar que, testes com usuários Beta são importantes para garantir o funcionamento da app.

2 – Interface inadequada.

O usuário utiliza app porque ele precisa de praticidade, e caso ele não encontrar, certamente ele irá excluir sua pp.

Ao utilizar o UI e o UX, o desenvolvedor tem uma ampla visão de como ficará a app no ponto de vista do usuário. Já o UX, você tem uma percepção melhor do problema que o usuário enfrenta e consegue resolver de maneira mais rápida.

3 – Não colocar conteúdo suficiente.

O conteúdo ajuda o usuário a encontrar a app, portanto recordamos que, o conteúdo deve educar o usuário e não simplesmente direcionar para a app. Se o seu conteúdo for educativo, provavelmente os clientes voltam a utilizar seu app.

4 – Mandar notificações sem necessidade.

O exagero de notificações sem importância, pode deixar os usuários bem irritados. Para evitar esse tipo de comportamento, crie uma frequência para poder enviar notificações, e assim sua empresa não ficará com uma imagem negativa.

Procure se basear nas campanhas e nos produtos que você vende, para saber quando você poderá enviar notificações.

5 – Não fornecer segurança adequada.

Quando o usuário necessita realizar alguma transação bancária, ou algo que envolva dados bancários e pessoais, ele quer que o app seja seguro.

Nós como desenvolvedores, temos o dever de passar essa confiança ao usuário, e com isso, mostrar para ele que a nossa app é segura e que segue as normas de segurança vigentes.

 

Como criar app com o DAT APP?

Uma das plataformas pagas para criar app é o DAT APP. Mesmo que você não entenda de programação, é possível utilizar essa ferramenta intuitiva e fácil de lidar.

Ao decidir pesquisar sobre como criar apps, você deve ter ficado confuso com tantas opções. Por isso, vamos falar um pouco sobre o DAT APP, com esta plataforma podemos integrar funções importantes para nossos clientes como por exemplo:

  1. Google Maps;
  2. Galeria de Imagens;
  3. Google Agenda;

Com o DAT APP, somos capazes de criar e publicar textos e imagens de maneira totalmente intuitiva e o que é melhor, sem precisar de programação, esta plataforma suporta os sistemas operacionais Android e IOS.

Os apps ajudam a facilitar o atendimento de muitos setores da economia, dentre eles podemos citar e-commerce, eventos, e suporte técnico.

Uma maneira de interagir com os clientes, é pedir para que eles se cadastrem para experimentar sua app e ainda ganhar um cupom de desconto. Mas, é importante que você siga as instruções do inbound marketing e nunca faça nada obrigando o cliente, seja natural.

Saiba mais sobre como criar uma app! Teste grátis!

É possível testar nossa plataforma e saber como ela funciona na prática.

Não se esqueça de que, para que uma app seja conhecido ele deve ser divulgado, de maneira que o cliente perceba que este app pode ajudar a solucionar uma possível dor que este possa ter.

Antes de começar a criar uma app, tente entender como é seu público-alvo, para que as funcionalidades da sua app correspondam às expectativas dos clientes.

Mantenha a sua app sempre atualizada, depois que estiver pronto. Pois assim, ajuda a evitar possíveis mensagens de erros, e falhas no tempo de resposta.

Uma app também deve apresentar um conteúdo que seja educativo, e que atrai a atenção do cliente. Seja coerente na criação do conteúdo, faça um conteúdo que seja parecido com o tema da app que você for criar, invista em marketing mobile e não tenha medo de arriscar.

Como Criar Uma App Como Criar Uma App? BANNER FUNDO

Leave a Reply

CREATE YOUR APP